Perguntas frequentes 2018-03-26T03:04:18+00:00

Perguntas Frequentes

O Volkswagen na Comunidade

É um concurso que busca reconhecer e premiar os melhores projetos sociais desenvolvidos por organizações sociais prioritariamente do entorno das unidades da Volkswagen, MAN Latin America, além de seus escritórios regionais, e que contem preferencialmente com o envolvimento de trabalho voluntário dos seus empregados e terceiros.

Os melhores projetos por unidade são premiados com apoio financeiro no valor de R$40 mil e deverão indicar um representante do projeto para participar por meio de ferramentas de Ensino a Distância do curso PMDPro (Project Management for Development).
Ao todo são 10 no Volkswagen na Comunidade, 1 no Prêmio de Sustentabilidade.

Participantes

Não! Apenas aqueles que sigam rigorosamente os requisitos exigidos pelo Edital do Concurso e que possam contar com o envolvimento, independentemente da forma, de empregados e terceiros da Volkswagen, MAN Latin América. Para o Prêmio de Sustentabilidade, apenas aqueles originados em organizações vencedoras da edição 2017 do Volkswagen na Comunidade.
Qualquer uma formalmente constituída como pessoa jurídica, que seja não-governamental e sem fins lucrativos, tais como: associações, centros comunitários e cooperativas que queiram desenvolver ações de desenvolvimento humano e comunitário, prioritariamente no entorno das unidades fabris da Volkswagen e MAN Latin America – Anchieta, Jabaquara, São Carlos, São José dos Pinhais, Taubaté, Vinhedo, Resende, Escritórios Regionais de Vendas e Serviços Financeiros.

Além de organizações governamentais (municipais, estaduais ou federais), não podem concorrer: instituições que integram o Sistema S (Senai, Senac, Senar, Senat, Sesc, Sesi, Sebrae, etc.); instituições de pesquisa científica (como Embrapa e Emater, por exemplo); empresas e instituições de caráter privado com fins lucrativos; projetos corporativos de responsabilidade social, organizações multilaterais ou organizações internacionais (como a ONU, a OMS, o Unicef, etc.); fundações e institutos empresariais, que tenha mais de 50% de seu budget financiado por uma única empresa ou instituição; e instituições de ensino que promovam cursos do ensino superior, médio, técnico ou fundamental, como universidades, faculdades, colégios e escolas; Organizações que tenham vinculações político-partidárias; Organizações sociais que possuam em seu conselho pessoas expostas politicamente, conforme definido no Anexo II;  Organizações apadrinhadas por empregados da rede de distribuição da Volkswagen do Brasil e Man Latin America; e Organizações sociais vencedoras da última edição do concurso, realizada em 2017, que só poderão participar do Prêmio de Sustentabilidade; além de pessoas físicas e sindicatos.

As organizações vencedoras da última edição precisam participar obrigatoriamente da categoria especial Prêmio de Sustentabilidade.
As organizações vencedoras das edições de 2008 a 2016 podem participar do prêmio atual.
As unidades são: Anchieta, Jabaquara, São Carlos, São José dos Pinhais, Taubaté, Vinhedo, Resende (MAN Latin America) além dos Escritórios Regionais de Vendas e Serviços Financeiros.
As unidades são: Anchieta, Jabaquara, São Carlos, São José dos Pinhais, Taubaté, Vinhedo, Resende (MAN Latin America) além dos Escritórios Regionais de Vendas e Serviços Financeiros.
UNIDADES
Anchieta Municípios em que estão as unidades e aqueles localizados até 200 km delas.
Jabaquara
Resende
São Carlos
São José dos Pinhais
Taubaté
Vinhedo
REGIONAL DE VENDAS
São Paulo Municípios da Grande São Paulo, Baixada Santista e Litoral Sul Paulista, independentemente da distância em relação a São Paulo.
Campinas Campinas (SP) e municípios do interior do Estado de São Paulo, independentemente da distância em relação a Campinas .
Curitiba Curitiba (PR), Londrina (PR), Maringá (PR), Florianópolis (SC), Blumenau (SC), Itajaí (SC), Porto Alegre (RS), Caxias do Sul (RS), Santa Maria (RS), Passo Fundo (RS), Pelotas (RS) e municípios localizados até 200 km dessas cidades.
Rio de Janeiro Municípios dos estados do Rio de Janeiro e do Espirito Santo, independentemente da distância em relação ao Rio de Janeiro.
Recife Recife (PE), Salvador (BA), Natal (RN), Teresina (PI), Maceió (AL), Aracajú (SE), Mossoró (RN), João Pessoa (PB), Fortaleza (CE) e municípios localizados até 200 km dessas cidades.
Brasília Brasília (DF), Goiânia(GO), Belém (PA), Manaus (AM), Cuiabá (MT) e municípios localizados até 200 km dessas cidades.
REGIONAL DE SERVIÇOS FINANCEIROS
Belo Horizonte Belo Horizonte (MG), Betim (MG), Teófilo Otoni (MG), Uberaba (MG), Uberlândia (MG), Montes Claros (MG) e municípios localizados até 200 km dessas cidades.
Brasília Brasília (DF), Goiânia (GO), Belém (PA), Manaus (AM), Cuiabá (MT), Campo Grande (MS), Palmas (TO), Macapá (AP), São Luis (MA), Porto Velho (RO), Rio Branco (AC) e municípios localizados até 200 km dessas cidades.
Curitiba Curitiba (PR), Londrina (PR), Maringá (PR), Cascavel (PR), Pato Branco (PR), Guarapuava (PR), Ponta Grossa (PR), Florianópolis (SC), Blumenau (SC), Itajaí (SC), Joinville (SC), São José (SC), Lages (SC), Porto Alegre (RS), Pelotas (RS), Passo Fundo (RS), Novo Hamburgo (RS), Caxias do Sul (RS) e municípios localizados até 200 km dessas cidades.
Recife Recife (PE), Salvador (BA), Natal (RN), Teresina (PI), Maceió (AL), Aracajú (SE), João Pessoa (PB), Fortaleza (CE) e municípios localizados até 200 km dessas cidades.
São Paulo Municípios da Grande São Paulo e Baixada Santista, independentemente da distância em relação a São Paulo.
Negócios São Bernardo do Campo (SP) e municípios localizados até 200 km dessa cidade.

Inscrições

As inscrições foram prorrogadas até 23 de Abril de 2018, até 23h59, horário de Brasília.

Não. A inscrição é totalmente gratuita.

Para se inscrever é necessário preencher completamente o formulário eletrônico de inscrição, disponibilizado no link “Inscrições” do site do concurso, no endereço Clique aqui para acessar o formulário eletrônico de inscrição

O preenchimento do formulário poderá ser realizado pelos representantes das organizações sociais que queiram concorrer com seus projetos, pelos responsáveis técnicos pelos projetos ou pelos padrinhos dos projetos (colaboradores da Volkswagen do Brasil e MAN Latin America).
Inicialmente, basta criar um login e senha (ou, no caso daqueles que já participaram, acessar o sistema com aqueles utilizados no último ano). Depois de realizado isso, o participante terá até às 23h59 – horário de Brasília – do dia 2 de abril de 2018 para finalizar o preenchimento do formulário, que consiste nas informações da Organização Social, de seu representante legal, do projeto que concorrerá ao Volkswagen na Comunidade, de seu responsável técnico, e do padrinho, caso já o tenha.

Sim. Fique à vontade para baixar aqui . Lembrando que esse formulário é apenas um modelo e para a inscrição ser válida, ela precisar se realizada diretamente no formulário online.

Sim. Os itens a serem preenchidos possuem limites de caracteres que podem variar conforme indicado no próprio sistema de inscrição. Dessa forma, espera-se que as Organizações Sociais e seus projetos inscritos sejam apresentados de forma objetiva.

NÃO! Só serão considerados aptos a serem avaliados projetos cuja ficha de inscrição esteja toda preenchida, até a data do término das inscrições.

Você pode ir preenchendo conforme for conseguindo os dados. Mas lembre-se que a data limite para finalizar o preenchimento é 2 de abril de 2018, 23h59, horário de Brasília.
Após fazer o preenchimento completo do formulário, você receberá um e-mail informando o recebimento do projeto.
Verifique seu filtro AntiSpam para saber se ele não está barrando os nossos e-mails. Como nossos comunicados serão realizados por e-mail, certifique-se de liberar o nosso domínio @volkswagen.com.br e @neuronio.com.br em seu filtro AntiSpam. Caso já tenha liberado e ainda assim não receba a confirmação, entre em contato conosco pelo e-mail vwnacomunidade@neuronio.com.br.

Na própria página em que você faz o login no formulário de inscrições, há um link chamado “Esqueci minha senha”. Basta clicar nele, e preencher com o e-mail utilizado no cadastro da Organização Social, que uma nova senha provisória será encaminhada para seu e-mail. Acesse o sistema com essa senha e depois, caso queira, poderá trocá-la.

Para a inscrição não é necessário. Apenas àquelas que forem indicadas como finalistas serão solicitados alguns documentos previstos em regulamento (vide item 5.3, do regulamento).
Para tirar eventuais dúvidas sobre o preenchimento, atente-se ao nosso site, envie uma mensagem utilizando o formulário no “Fale Conosco” no menu desta página ou envie um e-mail para vwnacomunidade@neuronio.com.br

Sim. Para isso basta acessar o formulário eletrônico de inscrições, com o login e senha informados na primeira inscrição e acrescentar um novo projeto.

Padrinhos

Padrinhos são os colaboradores da Volkswagen e MAN Latin America que atuam ou possuem interesse em atuar em organizações sociais participantes do concurso. Não há obrigatoriedade em relação ao tipo de envolvimento, cabendo às duas partes tal definição. O que se espera do padrinho é que ele possa minimamente representar a instituição e o projeto inscrito perante a Comissão Organizadora do Volkswagen na Comunidade.
Empregados ativos, estagiários e terceiros (Colaboradores) que trabalhem nas unidades da Volkswagen, MAN Latin America, Escritórios Regionais de Vendas e Serviços Financeiros.
Caso a Organização Social não tenha contato com nenhum empregado, estagiário ou terceiro da Volkswagen e tenha interesse em ser apadrinhada, ela deverá realizar a inscrição normalmente, incluindo todos os dados no formulário de inscrição. Após isso, a Comissão Organizadora, de posse das informações sobre a organização e o projeto, buscará e realizará o cadastro do padrinho.

Sim. O Colaborador pode apadrinhar quantos projetos quiser, independentemente da unidade e da Organização Social.
Não é necessário. Basta que ele tenha interesse em colaborar com a mesma.

Não acontece nada. A Organização pode se inscrever normalmente e, após o término da inscrição, a Comissão Organizadora do Volkswagen na Comunidade irá buscar um padrinho e indicar para a organização. Isso pode acontecer inclusive após o término das inscrições. A ausência de padrinho não é considerada para efeitos da avaliação do projeto.

Projetos

Para garantir a inscrição de um bom projeto no concurso, as organizações proponentes devem levar em consideração que seus projetos precisam estimular: a participação e o protagonismo da comunidade a ser atendida; a participação dos empregados e terceiros da Volkswagen e da MAN Latin America no desenvolvimento das atividades propostas no projeto; o desenvolvimento humano e comunitário; o projeto também pode priorizar a contribuição para questões da “mobilidade/movimento”.
Sim, tanto o público direto quanto o indireto. Além disso, é muito importante que esses públicos estejam vinculados à missão da Organização Social proponente, o que contribui para a credibilidade e facilita a avaliação da real necessidade da realização de determinado projeto.
Sete meses. Ele deverá ter suas atividades implantadas, a partir da premiação, em 26 outubro de 2018, e terminadas até 31 de maio de 2019.
A proposta de trabalho deve identificar oportunidades de desenvolvimento local e melhoria da qualidade de vida da comunidade atendida; destacar a participação do público-alvo e a colaboração de voluntários; envolver instituições (públicas ou privadas) que possam agregar outras ações ao projeto, de maneira a propiciar a participação da comunidade, e, se possível, priorizar também questões da “mobilidade/movimento”: apoiando pessoas e instituições multiplicadoras, para assim gerar mais transformações que permitam o acesso à saúde, educação, segurança, lazer e ao bem-estar como um todo.

•O projeto proposto deverá atentar-se aos critérios de julgamento previstos em regulamento;

•A utilização do aporte financeiro deste concurso deverá ser especificamente para a implementação do projeto apresentado neste concurso, durante o período de 26 de outubro de 2018 até 31 de maio de 2019;

•A Organização Social deverá se atentar às regras específicas previstas em leis de segurança pessoal e ambiental para evitar quaisquer riscos de acidentes no desenvolvimento e execução do projeto.

Se a edificação de um local ou a aquisição de um veículo forem imprescindíveis para a realização do projeto, então trata-se de uma boa proposta. No caso da edificação, de acordo com o regulamento, a Organização Social deverá apresentar um documento que comprove a posse do terreno ou concessão pública. DICA: lembre-se que precisa ficar muito esclarecido para os julgadores a real necessidade da edificação ou do veículo para a viabilização de um projeto. Não deixe de se questionar se o uso de 40 mil reais não seria mais estratégico para a aquisição de outros equipamentos que potencializariam ou aperfeiçoariam o trabalho de sua Organização Social. Lembre-se que os julgadores questionarão isso.

Não. A utilização das logos e dos nomes é expressamente proibida sem prévia autorização. As solicitações de aplicação da logomarca devem ser feitas à Fundação Volkswagen pelo e-mail fundacaovw@volkswagen.com.br.

Projeto precisa ser de R$ 40 mil exatos ou mais. Caso seja mais, a organização, precisa indicar se ela ou um parceiro será responsável por bancar essa diferença.

Sim. Despesas relativas a recursos humanos para a execução do projeto podem representar no máximo 50% (R$20 mil) do valor total do orçamento apresentado (desde que esses recursos sejam comprovadamente direcionados para fim de multiplicação de conhecimentos, que ficarão na Organização Social). O pagamento de recursos humanos só será possível para execução de serviços essenciais ao Projeto, o qual será repassado à Pessoa Jurídica, exclusivamente, mediante a apresentação de Notas Fiscais de prestação de serviços (não podendo a pessoa jurídica ser MEI). A Fundação Volkswagen entende como Recursos Humanos qualquer pessoa responsável por executar uma determinada atividade para que o Projeto Social alcance seus objetivos.

Sim, desde que seja deixado claro na planilha de orçamento que determinado valor será financiado pela organização ou pela entidade, e que na parte de parceiros seja indicado a organização ou o parceiro que farão o aporte nesse recurso.

“Funcionário” é toda pessoa que tem um vínculo formal de trabalho direto com a Organização Social, com registro em carteira. “Prestador de Serviço” é toda pessoa que também trabalha para a organização, recebe para isso, e ao invés do registro de trabalho, possui um contrato. “Voluntário” é toda pessoa que realiza determinada atividade sem ganhar para isso, ou seja, voluntariamente.

Julgamento

  • Sensibilidade da Organização Social na identificação de demandas sociais e valorização da vocação local;
  • Coerência entre missão da Organização Social e projeto proposto;
  • Compatibilidade das ações propostas com os objetivos, público-alvo, necessidades e potencialidades locais;
  • Relevância do projeto proposto e potencial de impactos positivos e de transformação par uma melhoria da qualidade de vida do público-alvo;
  • Propriedade técnica e operacional para execução do projeto proposto e adequação do corpo técnico;
  • Apresentação de estratégias que explicitem a capacidade para se atingir os objetivos do projeto;
  • Apresentação de estratégias que demonstrem continuação do projeto em caso de eventual aporte;
  • Capacidade de articulação de parcerias (recursos técnicos e matérias) e de constituição de redes;
  • Envolvimento de trabalho voluntário no projeto, quantidade e tipo de funções;
  • Viabilidade do cronograma de desenvolvimento do projeto;
  • Adequação do orçamento e coerência entre valores propostos e recursos necessários;
  • Contribuição para questões sobre a Mobilidade no acesso a oportunidades;
  • Inovações no Projeto Social e em sua execução e potencial de replicabilidade;
  • Qualidade da redação do conteúdo; e
  • Relevância das aquisições e/ou investimento em infraestrutura para que os objetivos sociais do Projeto Social sejam atingidos (quando a aquisição de equipamentos, projetos de infraestrutura e reformas forem necessárias).

Etapa de seleção nº 1 – Adequação às normas do Edital
Nessa etapa, os projetos serão analisados conjuntamente por uma comissão organizadora, composta pela equipe da Fundação Volkswagen e por técnicos da Neurônio, consultoria parceira do Concurso, que darão suporte aos Comitês de Avaliação para verificar o cumprimento de todos os itens do Edital. Seguem para a próxima etapa, os projetos que cumprirem.

Etapa de seleção nº 2 – Comitês de Avaliação
Serão constituídos Comitês de Avaliação que farão a seleção de projetos finalistas. Esses Comitês serão formados por um time de especialistas em projetos sociais e por voluntários do Volkswagen na Comunidade em cada uma das unidades da Volkswagen e da Lan Latin America. Importante ressaltar que voluntários de uma unidade não avaliarão projetos de suas próprias unidades, de forma a manter a imparcialidade do processo. Por exemplo, os projetos da unidade de Taubaté serão analisados pelos voluntários de São Carlos, e assim sucessivamente. Ao final desse processo, serão selecionados 20 projetos finalistas, sendo: 4 para a Anchieta, 2 para Vinhedo, 2 para o Jabaquara, 2 para Resende, 2 para São Carlos, 2 para São José dos Pinhais, 2 para Taubaté e 2 para Escritórios Regionais de Vendas e 2 para Escritórios de Serviços Financeiros.

Etapa de seleção nº 3 – Comitê de Avaliação Final
Às organizações responsáveis pelos 20 projetos finalistas definidos pelos Comitês de Avaliação Local será solicitado que encaminhem para a Fundação Volkswagen uma série de documentos, conforme indicado em Edital. A não apresentação dos documentos implica desclassificação. Junto a eles será solicitado um vídeo de no máximo 3 minutos sobre o projeto proposto.

Os projetos das organizações que aprhttp://vwnacomunidade.com.br/Edital_VWC17_FINAL.PDFesentarem e estiverem com os documentos atualizados e adequados serão avaliados por um Comitê de Avaliação Final composto por especialistas de reconhecida atuação na área social, empregados e convidados da unidade Volkswagen que escolherão os 10 projetos vencedores (sendo 1 vencedor por unidade e escritórios regionais e 2 vencedores para a unidade Anchieta), tendo como base os critérios de avaliação já expostos no presente Edital.

Etapa de seleção nº 4 – Visita Técnica e Assinatura do Termo de Compromisso
A formalização do prêmio será feita mediante: visita técnica à instituição para a conferência das situações apresentadas no projeto e um Termo de Compromisso firmado entre a Fundação Volkswagen e as Organizações Sociais vencedoras. Para elaboração do Termo de Compromisso serão necessárias informações que constem nos documentos encaminhados na Etapa de Seleção anterior, além da cópia do comprovante de abertura de conta bancária específica para movimentação dos recursos do projeto. Nenhum projeto poderá iniciar e tampouco receber recursos sem que a primeira visita técnica seja realizada e o Termo de Compromisso esteja devidamente assinado pelo representante legal da Organização Social, e o representante da Fundação Volkswagen. O Termo de Compromisso poderá ser interrompido, a qualquer tempo, se verificados desvios com relação aos objetivos explicitados no projeto, problemas graves, irregularidades, descumprimento deste Edital ou de qualquer cláusula do Termo de Compromisso.

Não. A execução é de total responsabilidade da Organização Social proponente. Caberá a ela a contratação da equipe de profissionais e de qualquer outro serviço necessário para o desenvolvimento de seu projeto. Vale deixar claro que a Fundação Volkswagen não se responsabiliza pelas relações formais e/ou informais estabelecidas pela Organização Social com a equipe de trabalho.

Resultado e premiação

Os projetos vencedores serão publicamente divulgados durante evento de premiação a ser realizado em 26 de outubro de 2018, em local ainda a ser definido no estado de São Paulo. Após essa data, a Fundação Volkswagen enviará comunicação por e-mail divulgando as Organizações Sociais vencedoras aos demais participantes. O resultado também será divulgado pelo Jornal Volkswagen e no site do concurso.
Para recebimento do prêmio em dinheiro, as organizações vencedoras deverão abrir conta bancária específica para movimentação dos recursos do Projeto Social e seguir orientações de prestação de contas, conforme orientado em edital e pela Fundação Volkswagen.

O curso acontecerá de 26 a 28 de outubro de 2018, em horários e locais (no estado de São Paulo) a serem divulgados previamente.

Os recursos serão desembolsados após a visita técnica e a assinatura do Termo de Compromisso e conforme cronograma de atividades proposto no projeto.

Sim. O aporte financeiro aprovado deverá ser utilizado especificamente para a execução do projeto proposto. Despesas relativas a construções, reformas e compra de equipamentos somente serão aprovadas se estiverem atreladas aos objetivos do projeto proposto.
Sim. Não será autorizado financiamento para despesas como aluguel, água, energia, telefone e internet, taxas administrativas ou contas que sejam de manutenção da organização social e não tenham a ver com o projeto. Despesas relativas a recursos humanos para a execução do Projeto Social podem representar no máximo 50% (R$20.000,00 – vinte mil reais) do valor total do orçamento apresentado, desde que esses recursos sejam comprovadamente direcionados para fim de multiplicação de conhecimentos, que ficarão na Organização Social, visando a replicabilidade do Projeto Social.
Elas deverão constituir parcerias que garantam tal execução. Nesses casos, será condicionante para aprovação do projeto a apresentação de carta de parceria.

NÃO! Em NENHUMA HIPÓTESE a Fundação Volkswagen fará desembolso adicional de verba, além dos R$ 40 mil. No entanto, a organização vencedora poderá a qualquer momento aportar valores a título de contrapartida para o projeto.

Sim. O pagamento dos Recursos Humanos só será possível para execução de serviços essenciais ao Projeto Social, que sejam exclusivamente caracterizados como de multiplicação de conhecimento e replicabilidade, o qual será repassado à Organização Social mediante a apresentação de Notas Fiscais de prestação de serviços (não podendo a pessoa jurídica ser MEI) juntamente com comprovante de pagamento.
.
A organização vencedora deverá enviar a planilha de fluxo de caixa (modelo a ser apresentado pela Fundação Volkswagen), juntamente com o extrato bancário, comprovantes de pagamentos e documentos fiscais, via e-mail à Fundação Volkswagen, conforme cronograma que será apresentado oportunamente. Após validação técnica da Fundação Volkswagen, a organização vencedora receberá um “de acordo”, também via e-mail, para continuação do próximo mês.

Todos os gastos deverão ser comprovados com cópias dos comprovantes de pagamento (cheque nominal, DOC e TED identificados, além de débito em conta bancária vinculada ao projeto) junto aos documentos fiscais (Nota Fiscal e Cupom Fiscal) apresentados, quando solicitado pela Fundação VW, sem emendas ou rasuras. Os Extratos bancários a serem apresentados deverão incluir o período entre a data do depósito do subsídio e a data da prestação de contas. Os Documentos Fiscais e comprovantes de pagamento, devem se referir ao período de execução do projeto 31 OUTUBRO/2018 A MAIO/2019. Não serão aceitos documentos com datas fora desse período.

Acompanhamento e avaliação

Sim. Elas deverão, obrigatoriamente, incluir informações de como será o acompanhamento e avaliação das atividades definidas. Esses indicadores devem se referir aos quatro focos de análise: abrangência (público, localidade, parceria, voluntários), desenvolvimento das atividades (previstas e realizadas, não previstas e realizadas, previstas e não realizadas) acompanhamento orçamentário, e resultados imediatos alcançados. No decorrer da implementação dos projetos a Fundação Volkswagen acompanhará e avaliará as atividades com o objetivo de contribuir para o aprimoramento.

A Organização Social deverá entregar aos representantes da Fundação Volkswagen um relatório com os resultados, cujo modelo será entregue durante a capacitação de Gestão de Projetos Sociais, o qual será avaliado em parceria com a Fundação Volkswagen. Essa entrega deverá ser feita até 31 de maio de 2019.

Prêmio de Sustentabilidade

É um concurso que acontece paralelamente ao Volkswagen na Comunidade e que tem como objetivo identificar as organizações vencedoras da edição passada do concurso que melhores resultados alcançaram após a implementação de seu projeto.
Esse concurso é voltado exclusivamente para as organizações sociais vencedoras do X Concurso de Projetos Sociais – Volkswagen na Comunidade, realizado em 2017, desde que o projeto tenha sido executado no prazo exigido em edital.
As inscrições devem ser feitas até o dia 15 de junho de 2018. A avaliação acontecerá durante a etapa de seleção nº 2 do Concurso de Projetos Sociais – Volkswagen na Comunidade, pelos Comitês Locais. O resultado desse concurso especial será divulgado durante o evento de Premiação do XI Concurso de Projetos Sociais Volkswagen na Comunidade.
Para participar do Prêmio de Sustentabilidade, as Organizações Sociais vencedoras de 2017 terão que apresentar um relatório final sobre a execução do projeto, em formulário específico a ser encaminhado pela Fundação Volkswagen, para elegibilidade ao prêmio mencionado.

Neste concurso especial para essas organizações serão avaliados os resultados alcançados pelos projetos vencedores ao longo dos oito meses de desenvolvimento dos mesmos, segundo os critérios:

  • Capacidade de lidar com desafios e identificar oportunidades;
  • Resultados de impacto social significativos, envolvendo parceiros e voluntários;
  • Eficiência do investimento do recurso da premiação segundo especificações apresentadas em 2017;
  • Clareza e objetividade das estratégias que possam prover a continuidade do projeto com impactos sociais positivos para a comunidade;
  • Fundamentação da importância de um novo aporte financeiro; e
  • Adequação do orçamento ao valor do prêmio e coerência entre valores propostos, os recursos necessários e o número de público a ser atendido.

A organização que tiver seu projeto implementado com os melhores resultados será considerada a vencedora do Prêmio de Sustentabilidade e ganhará mais R$40 mil para a sustentabilidade do projeto e poderá indicar representante para participar do Curso de Gestão de Projetos Sociais.

Fechar